Pastor Erinaldo diz que recursos do Município são mal administrados com pagamento de empresa

0

Em seu pronunciamento na tribuna da Câmara, nesta quarta-feira (04), o vereador Pastor Erinaldo Lino comentou recentes acusações em redes sociais à atuação do Poder Legislativo. “Circulou que estamos votando contra o povo, mas eu tenho dados do Tribunal de Contas do Estado e extratos, do próprio Portal da Transparência de Caicó, mostrando os valores pagos mensalmente a uma empresa de recuperação de créditos”, disse ele.

Embora a Virtus preste serviços ao Poder Executivo, disse o Pastor, o “TCE e a Receita Federal não homologaram” o contrato. “Tenho o primeiro pagamento realizado em 2017: R$ 217 mil.  Outros valores são pagos mensalmente, variando entre R$ 250 mil e R$ 300 mil. Enquanto isso, muitas secretarias não têm estrutura ou pessoal para o seu trabalho cotidiano”, continuou o vereador. “Tudo isso porque os recursos estão sendo mal administrados”.

Em 2018, foi arrecado com IPTU R$ 1,246 milhão, mas a Virtus recebeu cerca de R$ 2,380 milhões.  O Pastor Erinaldo lembrou que população espera que o valor do IPTU retorne em serviços públicos, mas isso não acontece. As emendas impositivas também não foram pagas, o que permitiria, por exemplo, investimentos em calçamento e até melhorias na saúde municipal. “Nós não votamos contra o povo, mas contra a má gestão dos recursos públicos”.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here